11 de nov de 2011

ORAÇÃO DO FACEBOOK


NINO BELLIENY
Ajuda-me a interagir com os amigos sem ser invasivo.
Possa eu compreender os comentários sem sentido
Comentar com coerência
E em meio à tantas disparidades
Curtir algo de bom.


Não mande eu, aplicativos, perguntas tolas, marcações de fotos que nada tenham a ver com os marcados
Nem dispare mil frases alheias sem dizer quem as fez
Pelo menos lembrar-me de por entre aspas “quando não souber de quem é”.

Não me deixe menosprezar a inteligência dos que me lêem.
Não me faça explicar o inexplicável nem aplicar o inaplicável.

Impeça-me de enviar convites a toda pessoa
Não me deixe cantar as mulheres só por serem gentis
Não deixe que pensem que sou fácil
Só por ser gentil também.

Não me conceda a esperteza de pedir votos para candidatos políticos
Nem mesmo se este vier a ser eu .
Não misturemos as coisas, meu bom Deus!

Que eu cumprimente no bate-papo e não insista se conversa não querem.
Sejam meus textos simples e minhas fotos claras.
Será que interessa tanto a tantos
Aonde vou com quem vou, o que faço, o que como, bebo, uso, visto?

Que eu lembre ter entre os amigos dos amigos, muitos que não são amigos
E ao expor a minha vida, estes também saberão.
Guarde-nos dos invejosos, dos falsos perfis e dos falsos amigos.
Dos estelionatários e dos ladrões de alegrias.

Senhor, que eu não exija ser curtido e comentado só porque
Comentei ou curti, porém, forneça-me tempo para visitar os perfis dos amigos mais leais.
Torne-me imune à negociações ou chantagens emocionais.
Dê-me a capacidade de discernir o sério do engraçado
E aos meus amigos também.

Sobretudo, use eu , com toda a cautela,
o poder sem limites de deletar alguém,
ação equivalente ao assassinato na vida real.

Aumente nossas amizades sinceras, torna-nos mais reais e objetivos,
E não nos deixei cair na tentação de nos acharmos celebridades
Exigindo convites e facilidades.
Abstenha-me, Senhor, de usar as letras em caixa-alta, pois
na web-linguagem tem isto o efeito de um GRITO
e tantas vezes nos esquecemos disto ou usamos conscientes
sem necessidade comprovada.

Possamos nós ser a palavra que conforta, diverte e ameniza.
Entendamos as milhares de diferenças e nem queiramos ser o dono da única verdade
Ponto de vista e nariz todos possuem um.

Divergir, discordar, concordar, porém, sem jamais faltar com o respeito.
E finalmente, Senhor, abra nossos olhos para a vida em todas as suas manifestações
Virtuais ou Reais.
Evitando preconceitos, pré julgamentos
E nem espalhando inverdades por puro reflexo de querer ser o primeiro.
Proteja-nos do Mal, Senhor, principalmente do que nos habita.

Não deixai que o Face transforme-se no Orkut
E se possível, abençoai-nos em
Em toda plenitude e glória de saber o quanto tudo é volátil.
Amém.

Nenhum comentário: