14 de fev de 2012

O HIPNOTISMO DAS REPETIÇÕES

NINO BELLIENY
Amor combina com sofrimento. Contaram isso e você acreditou. Agora fica por aí barata tonta, considerando ser a relação ideal exatamente a que contenha estes 2 ingredientes insolúveis. Não amando e achando amar. 
Na tensão e na dúvida alimentando-se. Bebendo inquietação e fraqueza de personalidade. Sujeitando-se a manipulações e chantagens. Amar é sinônimo de paz. Amar não combina mesmo com sofrer. Por muito terem repetido o contrário o errado fica sendo o certo e quando se encontra a verdade do amor em paz, simplesmente ela é desprezada. Recuse imitações. Exija o autêntico amor. Ou contente-se com migalhas. Você nasceu para isso?

Nenhum comentário: