1 de dez de 2011

TEMPERO AMARGO INTENSO SABOR

NINO BELLIENY
Seja a minha poesia amada por seus olhos
Olhos sedentos de vida e aventura
Ligados direto ao coração
Longe da doença, perto da cura.

        POISSONS

Nenhum comentário: